25.000 fotografias amadoras resgatadas do esquecimento

A responsabilidade da organização deste espólio fotográfico amador é de Christophe Berhault, que escolheu as fotografias e as editou. São nada mais nada menos que 25.000 fotografias amadoras encontradas em álbuns de família, em caixas de fotografias, em feiras de artigos usados e em lojas antigas e Berlim, que cobrem um período de quase um século: de 1890 a 1995.

25000

Não estando organizadas cronologicamente, pode ver-se durante 10 segundos cada fotografia, o que perfaz um total de 3 dias e 3 noites para poderem ser vistas na totalidade.

É o decorrer da vida que se observa, nesta mostra virtual através de celebrações, aniversários, histórias de amor, férias, guerras, tragédias, a divisão de um país e a sua reconstrução no pós-guerra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*